Jurian Souza Nogueira Pinto – UM COMENTÁRIO SOBREMODO PERTINENTE!

Lendo o Correio do Estado, hoje, domingo, dia 26 de dezembro, concluí, como quase sempre acontece ao término da leitura, que iria comentar sobre o que lá havia exposto: “Ministro da Educação afirma que salário de professor será prioridade no governo Dilma”.

Pois bem! Um comentário, contudo, me fez mudar o meu, não só pela semelhança do conteúdo em si, mas, também, pela forma direta, sem adornos; pela veracidade, retratando todo sistema educacional brasileiro. O mais, o próprio comentário fala por si.

Ei-lo:

Fonte: http://www.correiodoestado.com.br/noticias/ministro-da-educacao-afirma-que-salario-de-professor-sera-pr_92064/

Por Jurian Souza Nogueira Pinto

Seja você também um professor. As vantagens oferecidas são: a) Violência física e moral gratuita; b) Um salário de fome com direito a uma carga horária abusiva; c) Maravilhosos pais hostis, protetores e extremamente permissivos; d) Bullying proferidos pelos alunos e direcionados a você; e) Muita falta de respeito por parte de seus queridos discípulos; f) Ticket de R$ 4,00 (ainda quando o governo resolve pagar); g) Progressão continuada, ou melhor, promoção automática (onde o aluno passa de ano sem saber nada); h) Supervisores, diretores e coordenadores idiotas (pois sofrem “lavagem cerebral”), que ferram com o professor com seus assédios morais; i) Centenas de provas e trabalhos para corrigir nos finais de semana; j) Escolas sem condições mínimas de funcionamento; k) Tapa na cara (no sentido pejorativo) de ver o Sr. Alkimim recebendo um aumento de 26% em seu salário, sem nem ter entrado ou assumido o cargo, enquanto que o professor faz greve, apanha e é extremamente mal tratado, inclusive sendo responsabilizado pela decadência do ensino público; l) Além de fazer concurso com provas ferradas, se quiser aumentar seu salário defasado há anos, o professor terá que ser submetido a uma nova avaliação, priorizando ainda, apenas 20% da categoria (será que o governador e os parlamentares fizeram provinhas de promoção salarial por mérito para terem esse gordo aumento nos vencimentos?); m) Aguentar classes lotadas de alunos; n) Parlamentares recebendo aumento de 60% em seus salários, perfazendo um total de R$ 26.000,00 (enquanto um professor ganha 1.012,00 de salário base e olhe lá!); o) Ausência total do poder de compra, o que não deveria acontecer aos profissionais de nível superior; p) Inversão de valores e intolerância por parte de uma sociedade violenta e hipócrita; q) Stress, Síndrome de Burnout, humor irritadiço, perda da memória; derrames e infartos; r) Contas atrasadas, luz e água cortadas e despejo do imóvel porque não vai conseguir pagar o aluguel, em suma, morarás em um bairro paupérrimo ou até mesmo na favela; s) Andarás a pé; t) Despreparo para a inclusão de uma maneira geral; u) Resoluções que partem para a caça as bruxas e perseguem o professor que fica doente por motivo de exaustão e desgaste total por advento das intempéries acima listadas. Não, meu caro amigo que deseja futuramente ser professor, não precisa vomitar. Você ainda tem tempo de desistir dessa presepada armada e intencionalmente malévola que é o magistério público!

Etiquetas:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: